Será?

Sustentabilidade: Muito se fala, pouco se pratica…

As pessoas comentam a respeito, percebem sua relevância e seus efeitos colaterais na sociedade, porém sua prática ainda está longe do ideal.

É óbvio que algumas iniciativas são iniciadas como a coleta seletiva, reflorestamento de áreas desmatadas, contenção de energia através do horário de verão,alertas em campanhas publicitárias sobre  utilização adequada da água afim de evitar o desperdício, já que a maior parte da quantidade dela é concentrada em mares e é salgada, mas apesar disso a realidade é alarmante.

Em muitos países, a falta de água é uma realidade constante, como a França por exemplo onde os períodos de seca são constantes e há medidas de limitação quanto ao uso.

Já no Brasil, a situação é outra; o país possui 12%  da quantidade global, porém a má distribuição é algo visível; nas regiões norte e nordeste  ocorre com frequência a estiagem prolongada,  trazendo à tona  o descaso em relação a qualidade de vida da população, já que com a escassez problemas como subnutrição, anorexia e anemia são favorecidos.

Daí, vem uma reflexão:  Cadê a luta pelo coletivo de qualidade?  O importante é a quantidade ou saber utilizar os recursos em mãos?

“Com tanta riqueza por aí, onde é que está cadê sua fração

Com tanta riqueza por aí, onde é que está Cadê sua fração?

Até quando esperar A plebe ajoelhar?

Até quando esperar A plebe ajoelhar Esperando a ajuda do divino Deus”

Deixar uma resposta