R.I.P. Jimi

Que Jimi Hendrix foi um gênio da guitarra, todos já estão cansados de saber,  mas uma coisa que talvez poucos saibam, é o quão confusa foi a sua morte. Ninguém sabe ao certo se foi suicídio ou assassinato, mas é fato que a morte de Jimi foi um tanto estranha.

Jimi Hendrix foi encontrado morto no dia 18 de Setembro de 1970, afogado em seu próprio vômito. Uma morte um tanto confusa, pois a namorada de Jimi na época alegou que ele teria tomado 9 comprimidos para dormir que ela utilizava, sem que ela soubesse, misturado com uma grande quantidade de vinho tinto.

Outra versão da morte de Jimi foi revelada pelo seu ex-roadie, James “Tappy” Wright, em seu livro “Rock Roadie”. Nessa versão, Wright diz que Jimi foi obrigado a tomar uma grande quantidade de vinho e soníferos por um grupo que foi contratado pelo empresário de Jimi na época, Mike Jeffrey. Segundo Wright, Mike Jeffrey confessou que teria contratado o grupo. O empresário tinha uma apólice de seguros no nome de Jimi no valor de 2 milhões de dólares.

Pelo jeito nunca saberemos ao certo o que ocorreu de verdade, mas nada disso apagará o legado deixado por Jimi Hendrix.

Abaixo a arte feita por Rafael Colmanetti, homenageando Hendrix quando estamos prestes a completar 41 anos de sua morte.

Rest in Peace Jimi

Deixar uma resposta