Pequenos (eternos) momentos.

01Ficamos quase um ano inteiro planejando e pensando como vão ser as queridas férias. Não vemos a hora que este momento chegue. Interessante é como todos a adoram.

Férias, momento de colocar planos pessoais em dia, de relaxar, de fazer tudo o que você teve vontade e não fez durante o ano, de ficar cansado de não fazer nada…

Eu sempre gostei desses dias de folga, não precisava nem ser exatamente minhas férias, podia ser até um feriado prolongado que era uma das melhores coisas da vida. Fazia minha malinha (uma mala gigante) e ia pra casa dos meus tios. Cidade pequena, casa com um quintal gigante e primos. Imagina a farra? Ficávamos horas brincando no quintal, subindo nas árvores, teve até o tempo de jogar o famoso boomerang que vinha nas caixas de sucrilhos. Andávamos que bicicleta até o final da rua e parecia que o dia tinha mais horas do que realmente tem. Depois de um certo tempo, as brincadeiras na rua deram espaço para os passeios e conversas até altas horas da madrugada.

O que eu quero dizer, é que não importa onde ou que você irá fazer durante suas férias, o importante é fazer coisas das quais você irá se lembrar quando olhar para trás, é aproveitar ao máximo. Isso não tem que acontecer necessariamente somente durante as férias, isso é pro ano inteiro. Faça de simples momentos, eternas histórias.

 Vanessa Garciavan:  Estudante de Computação Gráfica. Curte ficar com a família e com os amigos. Gosta de ver um céu estrelado e a paz de observar uma bela paisagem. Observadora, não fala muito mas dizem que sempre dá bons conselhos.

Deixar uma resposta