“As cores falam todas as línguas.” (Joseph Addison)

on

Fotógrafa e, particularmente, amante e devota de tudo que é em preto e branco, devo confessar que as cores são essenciais. Apesar do preto e branco me fascinar, não nego que é através dele que imagino como ficaria em cores. Ao ver um filme, uma fotografia ou qualquer arte desprovida de cores, fico imaginando quais o artista imaginava ou estava vendo naquele momento. Os tons de cinza muitas vezes entregam as cores que estavam ali. E saiba que, para se ter uma arte em preto e branco, é um trabalho dobrado. Vou tomar como exemplo meu  trabalho: quando se fotografa algo em cores, é só clicar e alterar alguns detalhes no famoso (e muitas vezes odiado) photoshop. Porém a fotografia em preto e branco exige um trabalho extra; o olhar cuidadoso em fotografar e passar o mesmo sentimento que uma fotografia em cores transmitiria. É detalhado, os tons de cinza devem ser perfeitos, bem como a iluminação, o contraste. Não quero dizer que preto e branco é melhor do que cores; muito pelo contrário. Apenas querendo explicar que “preto e branco” não significa, como a teoria e muitos dizem, ausência de cores, mas sim ausência de cores à primeira vista. Porque as cores, na verdade, a gente enxerga dentro do nosso pensamento, tenha ou não iluminação suficiente. Por exemplo, quando estamos sem luz em casa e precisamos passar da cozinha para a sala. Sabemos o trajeto exato, mesmo que tenhamos de ir apalpando as paredes. Ali sabemos que tal parede é amarela, a cadeira pela qual você acabou de passar é vermelha, e o sofá que você quer sentar é verde; mas não enxergamos nada. O mesmo serve para as artes em preto e branco. E, apesar de eu ser completamente apaixonada pela “ausência de cores”, confesso que o mundo seria extremamente chato se não tivéssemos as cores para nos alegrar.


Juliana Fernandes, produtora audiovisual, é fã do bom e velho rock in roll e apaixonada por fotografia. A ‘Queen’ de todas as artes, vídeos e fotografias criados por aqui, sempre com vários toques de criatividade e bom gosto. Tudo isso em p&b.

Deixar uma resposta