É dia de rock, bebê!

Lollapalooza Brasil - São Paulo 07.04.2012Foo FightersFoto: Cambria HarkeyAos amantes de música: faltam menos de dois meses para o festival Lollapalooza, que acontecerá em São Paulo e tem dois dias com diversas atrações: Muse, Arcade Fire, Imagine Dragons, Soundgarden, Pixies, Nine Inch Nails, entre taaaaaantas outras bandas um tanto quanto legais.

O festival, em particular, nasceu em 1991, concebido pelo cantor do Jane’s Addiction, Perry Farrell, como uma forma de fazer uma turnê de despedida para sua banda. O Lollapalooza rolou até o ano de 1997 e foi revivido em 2003, com todas suas edições percorrendo a América do Norte. Já em 2005, Perry Farrell e a Agência William Morris fizeram uma parceria com a empresa Capital Sports Entertainment e reformularam o festival para como é conhecido hoje, como um evento fixo em Chicago.

O Lollapalooza ganhou sua primeira versão exterior em Santiago, Chile, no ano de 2010. No Brasil, o evento chegou em 2012, trazendo bandas de grande porte como Foo Fighters, Joan Jett and the Blackhearts, Artic Monkeys, Foster the People e o próprio Jane’s Addiction.

No gênero de festivais, nasceu em 2010 (mas com especulações desde 2009 sobre o surgimento do festival) o Festival de Música SWU, ou “Starts With You” (mais conhecido como Woodstock Brasileiro), concebido pelo publicitário Eduardo Fischer. O evento propunha um lema de sustentabilidade e música, que teve sua primeira edição em 2010, com três dias de música e bandas internacionais e nacionais, tais como Los Hermanos, Rage Against The Machine, Capital Inicial, Kings of Leon, Linkin Park, Avenged Sevenfold, Incubus, dentre tantas outras atrações (três dias de festa, não é para pouco, né?).

Eu, particularmente, fui à primeira edição tanto do Lollapalooza quanto do SWU e, claro, achei incríveis ambos os festivais. Mas o que mais me marcou, sem dúvidas, foi o Lollapalooza (até hoje não acredito que vi um show do Foo Fighters, rs). O SWU também foi muito bacana (é uma pena que o festival não exista mais #chateada), aproveitei bastante – e passei bastante frio!

O que mais impressiona em festivais é a “bagunça organizada” (no bom sentido, é claro!). É uma mistura de gêneros incansável – pop, rock, indie, metal, etc – com inúmeras bandas a entrar no palco, problemas técnicos, mas o horário é cumprido fielmente, sem deixar os espectadores na mão. Sem contar a energia positiva que rola, o conhecimento de novas culturas (eu, por exemplo, conheci um africano no meio do show do

abre-lollapalooza-brasil-2012

Avenged Sevenfold, no SWU em 2010 – foi incrível!), a mistura de gostos musicais… É tudo fantástico. E se for ver o preço é consideravelmente justo, tendo em vista que você está pagando pra ver as melhores bandas – nacionais E internacionais! – tocarem ali, pertinho de você, em meio a tanta gente bacana!

Os festivais nacionais que rolam por todo o país também são muito interessantes, mas isso é um assunto para um próximo post, quem sabe!

Quem aí vai no Lollapalooza 2014?

423412_4285492773694_480438393_nJuliana Fernandes, produtora audiovisual, é fã do bom e velho rock in roll e apaixonada por fotografia. A ‘Queen’ de todas as artes, vídeos e fotografias criados por aqui, sempre com vários toques de criatividade e bom gosto. Tudo isso em p&b.

One Comment Add yours

  1. Alessandro Azevedo diz:

    Adorei chatinha! Parabéns

    Enviado via iPad

    >

Deixar uma resposta