Olímpiadas de Inverno: um pouco mais dos jogos não tão populares no país do verão

1Tá rolando agora este mês em Sochi, na Rússia, as Olimpíadas de Inverno.  Nós aqui no Brasil não sabemos o que é inverno a alguns bons meses ( em algumas cidades então, o inverno nem faz parte da rotina por boa parte do ano), e talvez por isso que não nos atentamos e não damos tanta importância para as Olimpíadas de Inverno, como acontece com as Olímpiadas de Verão.

Para quem não sabe muito sobre e está a fim de descobrir, vem com a Limão Cravo que a gente sabe tudo sobre as Olímpiadas de Inverno. Tudo se deu inicio em 1924, com a primeira competição mundial e foi chamada de Semana Internacional de Desportes de Inverno, na cidade francesa Chamonix.

Até 1936 os Jogos de Inverno e de Verão aconteciam no mesmo ano e no mesmo país, sendo a ultima edição neste formado na Alemanha. Após ficarem duas edições sem o evento, devido a segunda guerra mundial, os jogos voltaram a acontecer, porém em países diferentes. Foi apenas em 1986 que ficou decidido que as Olímpiadas de Inverno e de verão seriam intercaladas.

O Brasil não conta com muitos atletas participantes dos jogos de Inverno, devido ao fato de que os esportes competidos não são praticados por aqui, e os atletas que participam costumam morar em países com clima frio ou tradição nas modalidades. Por este motivo o Brasil nunca conseguiu nenhuma medalhada nos Jogos Olímpicos de Inverno.

Os brasileiros fizeram sua estreia nos jogos de Inverno apenas em 1992, e o atleta que melhor ficou colocado foi a brasileira Isabel Clark nos jogos em Turim, 2006, conquistando a nona colocação em snowboard.

Nas Olímpiadas realizadas no Japão, em 1998, a neve, quem diria, devido ao seu excesso causou uma interrupção nos Jogos de Nagano.

Em Calgary no Canadá a grande estrela dos Jogos foi a Jamaica. Os 4 atletas foram recrutados pelos Estados Unidos e competiram em duas competições do bobsled, em dupla e todos juntos. Quando foram competir juntos sofreram uma queda. A história deles virou filme depois, “Jamaica Abaixo de Zero”.

A sede das Olímpiadas deste ano está sendo em Sóchi, e antes mesmo de começarem os jogos, a cidade rendeu várias notícias. Isso porque o prefeito da cidade, Anatoly Pakhomov, polemizou ao afirmar “aqui não há gays” referindo-se à cidade sede. Isso sem falar na lei aprovada na Rússia no ano passado na qual condena a propaganda homossexual.

Houve prospetos para que as Olímpiadas de Inverno deste ano fosse boicotada, e várias campanhas para que os patrocinadores do evento revessem e questionassem a legislação.  Os Estados Unidos, como sinal de desaprovação e de desafio a esta medida russa, enviou integrantes abertamente gays para os Jogos.

Prontos para acompanhar um pouco mais da Olímpiadas de Inverno deste ano ainda e dos próximos anos, depois deste post?

1608751_723410134345597_2125218663_nThauana Teoro: Formada em Relações Públicas, viciada em whatsapp, música boa e samba do bom. Apaixonada por marketing e comida japonesa. Roedora de unhas ansiosa, comunicativa, chegada em uma cervejinha e maníaca por dieta.

Deixar uma resposta