Ecodesign como ferramenta de competitividade das empresas

Design gráfico quase nunca está inserido na preocupação com relação ao uso de materiais reciclados, em geral associado a um visual “alternativo” encontrado em objetos que as pessoas compram por má consciência e, quando está, pensa-se que se trata meramente de usar ou não papel reciclado nas publicações. A questão, no entanto, é muito mais ampla e complexa do que isso, exigindo uma análise mais profunda da qual sem dúvida decorrerão alterações nas práticas profissionais.

Ecodesign é uma ferramenta de competitividade utilizada pelas empresas nas áreas de arquitetura, engenharia e design, tanto no mercado interno quanto externo, atendendo novos modelos de produção e consumo, contribuindo para o desenvolvimento sustentável através da substituição de produtos e processos por outros menos nocivos ao meio ambiente.

É todo o processo que contempla os aspectos ambientais onde o objetivo principal é projetar ambientes, desenvolver produtos e executar serviços que de alguma maneira irão reduzir o uso dos recursos não-renováveis ou ainda minimizar o impacto ambiental dos mesmos durante seu ciclo de vida. Isto significa reduzir a geração de resíduo e economizar custos de disposição final.

Alguns princípios de ecodesign já estão sendo incorporados pela indústria, como:

– Escolha de materiais de baixo impacto ambiental: menos poluentes, não tóxicos, de produção sustentável ou de reciclados, ou ainda que requeiram menos energia na fabricação;

– Eficiência energética: minimização do consumo de energia para os processos de fabricação;

– Qualidade e durabilidade: produtos mais duráveis e que funcionem melhor, a fim de gerar menos lixo;

– Modularidade: objetos com peças intercambiáveis, que possam ser trocadas em caso de defeito, evitando a troca de todo o produto, o que também gera menos lixo;

– Reutilização/Reaproveitamento: projetar produtos para sobreviver ao seu ciclo de vida, podendo ser reutilizados ou reaproveitados para outras funções após seu primeiro uso.

O designer gráfico possui a responsabilidade de divulgar uma mensagem e de usar sua criatividade para atender ao design de produto. Como ser sustentável em uma área na qual a sobrevivência está atrelada a geração contínua de produtos e resíduos?

Os principais benefícios do ecodesign são: economia de recursos, geração de autoridade de mercado, cumprimento da legislação ambiental vigente, ecoeficiência do produto ou serviço oferecido e diferencial competitivo no mercado.

Fonte: Ministério do Meio Ambiente e Ipog

Deixar uma resposta